6696/2018: Moção de louvor e reconhecimento à Matheusa Passareli (Post-Mortem)

MOÇÃO Nº 6696/2018
EMENTA:MOÇÃO DE LOUVOR E RECONHECIMENTO A MATHEUSA PASSARELI (POST-MORTEM).
Autor(es): VEREADOR DAVID MIRANDA

REQUEIRO à Mesa Diretora, na forma regimental, seja consignada, nos Anais desta Casa de Leis, Moção de Louvor e Congratulações à Matheusa Passareli.
A Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada pela Organização das Nações Unidas em 1948, define que todo ser humano tem uma série de direitos que devem garantir um padrão de vida e o bem-estar de todos os indivíduos.

Entretanto, a garantia de direitos fundamentais não é igual para todos. Existem grupos e populações que se encontram em condição de maior vulnerabilidade e/ou marginalizados, com mais dificuldade de acessar seus direitos. A população LGBT+ é um deles. Um LGBT morre no Brasil a cada 19 horas. Não podemos naturalizar uma violência como essa.

O desaparecimento e a posterior descoberta da morte de Theusinha chocou a todos no Rio de Janeiro e no Brasil. Há quase dois meses do assassinato da vereadora Marielle Franco mais um dos nossos que se vai de maneira brutal.

Estudante da UERJ, não-binária, vinda do interior, artista e ativista. Todos e todas sentiram um pouco com a notícia terrível de sua morte.

Por isso, gostaríamos de homenagear, com uma moção de louvor e congratulações, Matheusa Passareli para que seu nome fique registrado na história da nossa cidade. E que esse luto coletivo nos sirva como combustível para continuarmos lutando por uma sociedade em que todos e todas sejam, ainda que humanamente diferentes, socialmente iguais.

Plenário Teotônio Villela, 10 de maio de 2018.

Vereador DAVID MIRANDA
PSOL