4418/2018: Moção de louvor e reconhecimento à Exposição Queermuseu

MOÇÃO Nº 4418/2018
EMENTA:MOÇÃO DE
LOUVOR E RECONHECIMENTO A EXPOSIÇÃO:
“QUEERMUSEU – CARTOGRAFIAS DA DIFERENÇA NA ARTE BRASILEIRA”
Autor(es): VEREADOR DAVID MIRANDA
REQUEIRO à Mesa Diretora, na forma regimental, seja consignada, nos Anais desta Casa de Leis, Moção de

LOUVOR E RECONHECIMENTO A EXPOSIÇÃO:

“QUEERMUSEU – CARTOGRAFIAS DA DIFERENÇA NA ARTE BRASILEIRA”

A MOÇÃO DE APOIO À REALIZAÇÃO DA EXPOSIÇÃO “Queermuseu – cartografias da diferença na arte da brasileira” no Parque Lage, na cidade do Rio de Janeiro.
A referida exposição, de curadoria do eminente Gaudêncio Fidelis, é a mais importante mostra já montada nas Américas sobre o tema do gênero e da diversidade. Trata-se de um trabalho robusto, com a participação de mais de 80 artistas, que expõem mais de 250 obras. Entre os artistas, nomes consagrados como Alfredo Volpi, Adriana Varejão e Cândido Portinari.
No entanto, em Porto Alegre no ano passado a exposição sofreu ataques organizados de grupos fundamentalistas que acusaram a mostra de fazer apologia à pedofilia, zoofilia e ainda de profanar símbolos religiosos. Os ataques levaram ao Santander Cultural, espaço que abrigava a mostra, a censurar a exposição.
As acusações contra a mostra não se sustentam, conforme apontou o Ministério Público do Rio Grande do Sul e a Vara de Proteção à Criança e ao Adolescente. Na verdade, os ataques não eram mais do que preconceito e LGBTfobia, atitudes fascistas sobre a liberdade artística.
Para piorar, semanas depois, o prefeito Marcelo Crivella lançou um vídeo na internet onde dizia que a Queermuseu só seria montada no Rio de Janeiro se fosse “no fundo do mar”, uma ameaça ao curador, à toda comunidade artística e à toda comunidade LGBT da cidade, do país e do mundo.
Assim sendo, viemos através dessa moção apoiar a realização da referida exposição em nossa cidade. Neste momento, ocorre um financiamento coletivo para reunir fundos suficientes para instalar a mostra no Parque Lage, referência em arte contemporânea no Rio de Janeiro. Contra o obscurantismo, o preconceito e a censura, nós apoiamos!
Plenário Teotônio Villela, 28 de Novembro de 2018.

VEREADOR DAVID MIRANDA
PSOL