Mario Frias apanha nas redes após empregar cunhado na Embratur: ‘a Globo vai ter que rebatizar o programa para Mamalhação!’

Internautas repudiaram a iniciativa do secretário de Cultura de empregar o cunhado na Embratur, com salário superior a R$ 18 mil

16 fev 2022, 21:21 Tempo de leitura: 1 minuto, 6 segundos
www.brasil247.com - Mario Frias
Mario Frias (Foto: Roberto Castro/Mtur)

Internautas foram ao Twitter repudiar a iniciativa do secretário especial de Cultura do governo Jair Bolsonaro, Mario Frias, que empregou o seu cunhado na Embratur, com salário de R$ 18,4 mil. Trata-se do advogado Christiano Camatti.

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) repudiou a conduta do secretário. “Agora é o cunhado pendurado num carguinho de 18 mil. Mario Frias está se mostrando com um apetite insaciável para a mamata. A Globo vai ter que rebatizar o programa para MAMALHAÇÃO!”, afirmou o parlamentar ao fazer referência à participação do ator no programa Malhação. 

De acordo com outro perfil no Twitter, “Mário Frias é um ex-ator amargurado e decadente”. “Depois que o governo Bolsonaro passar ele só será lembrado por suas malfeitorias. Ninguém acordará um dia querendo ser Mário Frias”, disse.

O deputado federal David Miranda (PDT-RJ) disse que “o falso moralismo dos colaboradores de Bolsonaro está sempre à mostra”. “São tantos esquemas inescrupulosos que acabam transbordando dos esgotos”.

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) ironizou o secretário. “Só não pode gastar com Cultura, mas nepotismo entre ignorantes está liberado”.