Após grampos, deputado quer que PGR investigue Bolsonaro. Veja a íntegra

Nosso mandato pediu a abertura de inquérito contra Jair Bolsonaro por suposto "ato ilegal e lesivo à ordem democrática" na Procuradoria-Geral da República

24 abr 2021, 17:15 Tempo de leitura: 0 minutos, 52 segundos
Após grampos, deputado quer que PGR investigue Bolsonaro. Veja a íntegra
Marina Oliveira (Congresso em Foco)
“São indícios de crimes gravíssimos”, diz David Miranda Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

O deputado federal David Miranda (Psol-RJ) pediu a abertura de inquérito contra Jair Bolsonaro por suposto “ato ilegal e lesivo à ordem democrática” na Procuradoria-Geral da República (PGR). A investida contra o presidente se dá após a divulgação de que, segundo o MP do Rio de Janeiro, comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega entraram em contato com Bolsonaro após sua morte.

“Os novos fatos agravam a definição de que o presidente da República tem estreita relação com grupos milicianos do Rio de Janeiro. São indícios de crimes gravíssimos. Em certa medida, as milícias chegaram ao poder central do país. É obrigação da PGR aprofundar essas investigações e fazer com que o presidente responda por esses crimes”, diz o deputado.

Veja a íntegra do pedido:

https://drive.google.com/file/d/1xH3wqMsi9FygrlTv1FA1V–UxFMO7XJq/view