Deputado David Miranda cobra estados e governo federal sobre ações contra novas cepas do coronavírus

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) acionou os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, além do Ministério da Saúde, solicitando informações sobre protocolos adotados por essas esferas governamentais para lidar com a contenção de novas cepas do coronavírus, como a encontrada em Manaus (AM). “O Brasil está no topo da lista mundial como […]

12 fev 2021, 13:52 Tempo de leitura: 2 minutos, 2 segundos
Deputado David Miranda cobra estados e governo federal sobre ações contra novas cepas do coronavírus

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) acionou os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, além do Ministério da Saúde, solicitando informações sobre protocolos adotados por essas esferas governamentais para lidar com a contenção de novas cepas do coronavírus, como a encontrada em Manaus (AM).

“O Brasil está no topo da lista mundial como o pior país a tratar a pandemia. A crise nos estados brasileiros avança rapidamente, outras cidades podem reproduzir o que acontece em Manaus”, afirma o parlamentar.

“As novas variáveis da Covid-19 têm preocupado o mundo todo —uma delas é brasileira. O governo federal ignora conscientemente esse fato, sem plano real de enfrentamento na garantia de isolamento ou de vacinação. O Brasil pode entrar para a história como o país que atrasou por anos a luta mundial contra o vírus. É vergonhoso”, segue Miranda.

No ofício enviado aos governadores e ao ministro, o deputado defende que “diante desse atual recrudescimento da catástrofe sanitária que já ceifou a vida de mais de 233 mil brasileiros até o presente momento, é imperioso que tenhamos conhecimento acerca das tomadas de decisões […]., bem como dos protocolos a serem emitidos para a redução dos adoecimentos e mortes e, inclusive, para que se evite colapso nas internações”.

Drama em Manaus
Drama em Manaus

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse em audiência com senadores nesta quinta-feira (11) que informações obtidas pela pasta após análises apontam que a variante do coronavírus encontrada em Manaus é três vezes mais contagiosa.

“Comprovamos em Manaus uma nova variante do vírus que e espalha pelo país, uma variante mais contagiosa. Graças a Deus tivemos a notícia clara de que as vacinas têm validade com essa variante ainda. É um trabalho que estávamos esperando chegar da análise do material colhido, mas ela é mais contagiosa, na nossa análise três vezes mais contagiosa”, afirmou.

Ele não informou, porém, como foi feita essa análise nem quais vacinas teriam validade para a nova variante. A Folha questionou o Ministério da Saúde, mas ainda não recebeu resposta.

Conhecida como P.1., a nova variante foi identificada no início de janeiro pelo Japão em turistas que vieram de Manaus.

Recentemente, análises feitas pela Fiocruz Amazônia apontam que ela já corresponde por 90% dos casos de Covid no estado.