David Miranda (deputado federal PSOL/RJ)

Deputado é contra a restrição à doação de sangue por gays
31082321958_8a65797f8e_o-9458326

Deputado é contra a restrição à doação de sangue por gays

Deputado David Miranda está empenhado em dar urgência à votação no Supremo Tribunal Federal da ação que derruba regras que impedem os homens que fazem sexo com homens a doar sangue.

29 de abril de 2020, 13:14
Sidney Rezende (O Dia)
Deputado federal David Miranda (PSOL)Renan Olaz/CMRJ

O deputado federal David Miranda (PSOL), eleito pelo Rio de Janeiro, único parlamentar assumidamente LGBT na Câmara dos Deputados, está empenhado em dar urgência à votação no Supremo Tribunal Federal da ação que derruba regras que impedem os homens que fazem sexo com homens a doar sangue.

Dia 20 de março, ele deu entrada no STF solicitando urgência da ADI 5543 (Ação Direta de Inconstitucionalidade), que tem por finalidade declarar que uma lei contraria a Constituição Federal.

Em debate há quase quatro anos, a doação de sangue por homens homossexuais retornou à pauta da Corte no mês passado, mas não foi concluída mais uma vez. A Ação propõe uma mudança nas atuais regras, que restringem a doação.

Portarias do Ministério da Saúde e da Anvisa consideram homens que fazem sexo com homens inaptos a fornecer sangue pelo período de um ano após as relações sexuais.

De acordo com o deputado, “o veto se baseia na ideia de que há maior incidência de HIV entre esses grupos, reforçando o preconceito contra os homossexuais”. Esta mesma tese impede que esse grupo doe plasma para pacientes infectados com a Covid-19, um dos tratamentos que pode dar esperança aos pacientes mais críticos do vírus.

O deputado rebate o argumento: “Há escassez nos bancos de sangue brasileiros, especialmente agora em período de pandemia. Orientação sexual não pode ser motivo para impedir o cidadão de doar sangue”, disse Miranda.

Para David, deveria merecer mais consideração e respeito o cidadão que exerce a tarefa altruísta de doar sangue. O deputado disse à coluna que “essa autorização para doação de sangue não pode passar da semana que vem para que se evite mais mortes de brasileiros”. 

David Miranda - deputado federal PSOL/RJ

Muito obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso. Nos próximos minutos você deve receber um e-mail de confirmação.

Tirar Bolsonaro para salvar o país: Impeachment já!

Fernanda Melchionna, Sâmia Bomfim, David Miranda, Luciana Genro, intelectuais, movimentos e parlamentares de todo o Brasil protocolam pedido de impeachment.

 
Apoie o impeachment