[Extra] Vereador cobra explicações sobre falta de higiene na Comlurb

13 de Março de 2018 16h52

Garis trabalham no Centro do Rio Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo

A Comlurb, responsável pela limpeza da cidade, quem diria, está precisando de uma faxina em suas próprias dependências.

É esta um das várias denúncias que o gabinete do vereador David Miranda (PSOL) tem ouvido: em diversas gerências de serviço, onde as roupas e os equipamentos de trabalho são guardados, os garis estão tendo que conviver com mosquitos, baratas… e até ratos!

As reclamações do pessoal ainda incluem a falta de luvas para o serviço de coleta de lixo, e o calote parcial no acordo de resultados, conhecido como 14º salário.

Logo antes de embarcar para os Estados Unidos, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) gravou um vídeo, todo pimpão, anunciando que estava tudo certo para o pagamento dos garis, em duas parcelas.

A primeira chegou exatamente como prometido. Mas a segunda… veio incompleta: ainda falta cerca de 35% do total.

O vereador decidiu atacar os problemas de duas formas diferentes. Pela Comissão do Trabalho, pretende convocar uma audiência pública sobre as condições de higiente, campanha salarial e acordo de resultados.

E, em outra frente, já está com tudo prontinho para protocolar, ainda nesta terça-feira (13), um requerimento de informações sobre os indicados políticos que, depois de exonerados, foram readmitidos na companhia.

“Queremos saber se o Rubens Teixeira continua mandando na Comlurb com a nomeação de seus políticos de confiança”, disse ele, sobre o ex-presidente da empresa e atual secretário de Transportes.

Deu no Extra