[EXTRA] Pastores, ex-candidatos e doadores ganham cargos de confiança na Comlurb

29 de novembro de 2017 20h04

O novo presidente da Comlurb, Rubens Teixeira, jogou no lixo a promessa de campanha do prefeito Marcelo Crivella (PRB) de valorizar funcionários de carreira da companhia.

Só na última terça-feira (21), foram publicadas, no Diário Oficial, mais de 130 mudanças.

Todas tratavam de exonerações — e, claro, de nomeações.

Eclético

Na lista dos nomeados em cargos de confiança, estão um diácono da Igreja Batista e cinco pastores de diferentes denominações evangélicas.

Além disso, há quatro ex-candidatos derrotados (um deles perdeu a eleição, pelo partido do prefeito, numa cidade de Goiás!), um filiado ao PRB e dois ex-assessores parlamentares de Crivella e de seu sucessor no Senado, Eduardo Lopes.

Há também fiéis e generosos doadores de campanha.

Quais os atributos?

A lista dos nomeados em cargos de confiança da Comlurb chamou a atenção da equipe do vereador David Miranda, do PSOL.

Ele protocolou um requerimento de informações, pedindo à presidência da companhia que explique os critérios usados na escolha dos novos designados.

Afinal, eles devem ser mesmo bons, para desbancar servidores que conhecem a companhia de limpeza há muitos anos.

Miranda também quer saber qual a remuneração da turma.

Muita gratidão

Três recém-nomeados na Comlurb contribuíram financeiramente para Rubens Teixeira disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores do Rio, nas eleições do ano passado.

O esforço foi bem-vindo, mas o moço não se elegeu.

Dizem as péssimas línguas da política, no entanto, que sempre é bom olhar com muito carinho para o passado — quando se pensa no futuro…

Semente

Um outro deu um gordo cheque — de R$ 30 mil!!! — para a malfadada campanha de Marcelo Crivella (PRB) ao governo do estado em 2014.

Aliás, este deve ter empobrecido recentemente.

Foi agora nomeado assistente técnico de informática na Comlurb — um posto de nível médio, modesto, se comparado à condição financeira esperada de um doador tão generoso três anos atrás.

Seguidores

Há também os amigos de carreira: cinco agraciados trabalharam com Teixeira na Secretaria de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma)